Paróquia

Nossa Senhora das Graças Araraquara - SP

End: Av. La Salle s/n° - Vila Ferroviária - Araraquara, SP
Tel: 16 3336 7520 - par.nossasenhoradasgracas@gmail.com

Horários: Missas de Segunda a Sexta-feira às 19h; Sábados às 18h30min Domingos às 08h, às 10h e às 19h15min

Irmãos e irmãs!

Vamos refletir sobre a Palavra de Deus de hoje (Segunda-feira 7 de janeiro de 2019)

1ª Leitura 1Jo – Primeira Carta de João (3,22-4-6)

Vamos refletir sobre essa Primeira Carta de João:

Quais são as características de uma comunidade cristã?

Resposta: São a fé em Jesus Cristo, o amor recíproco dos irmãos e a fidelidade aos preceitos de Deus. Para isso o apóstolo sugere algumas atitudes fundamentais, quais são? Resposta: Antes de tudo a oração, entendida não tanto como pedido de graças, quanto como empenho pessoal de realizar o que é ordenado; depois um propósito de fé autêntica em Cristo Jesus e de operosa caridade para com os irmãos.

Nesse sentido São João reduz a atitude de fé a seu núcleo essencial: aceitar Jesus. “ O centro vivo da fé é Jesus Cristo; só por meio dele podem os homens salvar-se, dele recebem o fundamento e a síntese de toda a verdade”. Ele é verdadeiramente “a chave, o centro, o fim do homem e também de toda a história humana” (GS 10). Crer em Jesus quer dizer confiar nele, abrir-se a ele até deixar-se transformar nele, aceitando-o por modelo de comportamento: “Dei-vos o exemplo, a fim de que, como eu vos fiz, também vós o façais” (Jo 13,15).

Agora podemos refletir um pouco sobre o trecho do Evangelho de Mateus (Mt 4,12-17.23-25)

Jesus é a luz. Foi mandado pelo Pai a iluminar “o povo imerso nas trevas” e anunciar o reino de Deus aos que “permaneciam na terra e na sombra da morte”. O Reino ao qual Jesus convida todos a pertencer como o maior dom do Pai, não encara a posse de bens terrenos, o exercício do poder, o alarde da glória; é também a negação e a síntese de nossas categorias humanas, e por isso exige uma “conversão”. É um reino onde o maior deve ser tornar o menor, onde quem tem autoridade deve exercê-la a serviço dos irmãos, no qual são declarados “bem-aventurados” os humildes, os mansos, os puros, os pobres, os sofredores… (o sinal disto são as primeiras curas em favor dos endemoninhados, epiléticos, paralíticos), porque só destes é o “reino dos céus” anunciado por Jesus. Reino que é acolhido com fé e humildade, que é difundido e testemunhado com a vida.

Boa Reflexão

Paz e Bem

Diác. Ulisses Abruzio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *