Paróquia

Nossa Senhora das Graças Araraquara - SP

End: Av. La Salle s/n° - Vila Ferroviária - Araraquara, SP
Tel: 16 3336 7520 - par.nossasenhoradasgracas@gmail.com

Horários: Missas de Segunda a Sexta-feira às 19h; Sábados às 18h30min Domingos às 08h, às 10h e às 19h15min

Notícias da Paróquia › 07/01/2019

Encontro e Despedidas.

A vida pré – moderna encerrava uma duração infinita de todas as coisas, com exceção da existência mortal; diferentemente, a vida líquido-moderna é uma “recitação diária da transitoriedade universal”, pontua-nos Bauman, em Vidas Desperdiçadas. Todas as coisas têm a marca do prazo de validade. Tudo passa, mas permanecem as ações, as obras e os relacionamentos construídos na paz, na justiça, na legalidade. O que dizer de Pe. Celso Maximino José? Em que pese sua breve passagem por nossa Araraquara, que se encerra no final do mês, falam as obras desses dois anos, em que permaneceu na querida Paróquia de N. Sr.ª das Graças / das Dores: * o zelo , o respeito e o carinho com Cônego Antônio Desan; * os sermões tão bem construídos e iluminados, com suas reflexões vivenciais; * a responsabilidade com as Missas em Condomínio e a maneira tão afável e cheia do Espírito Santo com que as celebrou; * a movimentação entusiástica ao cultivo da devoção ao Sagrado Coração de Jesus, nas primeiras sextas-feiras de cada mês.

Sabe-se que a condição moderna é estar em movimento, modernizar-se ou perecer, mas sempre com mente, forças, coração, enfim, com todas as capacidades guiadas pelo Espírito Santo. Tudo à disposição do projeto de DEUS.

Além do lado espiritual, Pe. Celso deixa para nossa Paróquia sua marca de homem empreendedor: * o aperfeiçoamento do espaço celebrativo no som e imagem, dando melhores condições para a proclamação da Palavra e para o ministério da música; * aquisição de duas mesas de som e 12 microfones; * implantação de um sistema multimídia com dois telões; * completa limpeza e manutenção nas igrejas (das Graças / das Dores). A renda das festas realizadas fizeram com que tais inovações fossem implantadas. Na Pastoral da Comunicação, vimos também suas inovações com as transmissões das celebrações, ao vivo, pela web/facebook.

Um dia desses, alguém perguntou a ele: Pe., o Sr. nem chegou já está indo embora? Ao que ele respondeu: É… fazer o quê? São os desígnios de DEUS. Boa sorte, Pe. Celso Maximino José, em sua nova empreitada. Tenha certeza de que muitos sentirão saudades, já que semeou relacionamentos extremamente sólidos, indo assim contra a corrente da tão falada Modernidade Líquida. E, como a vida é feita de encontros e despedidas, no mesmo instante damos boas-vindas ao Pe. João Roberto Campanini.

Colaborador: Carlos / Terezinha Bellote Chaman
Alisson de Abreu
(PASCOM Nossa Senhora das Graças)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *